top of page
  • Foto do escritorMenma Nakamura

Com certeza, concerteza não existe!!

Atualizado: 11 de jul. de 2023

Quando estamos escrevendo, sempre bate aquelas dúvidas simples. Que dúvidas são essas?


Qual usar: mal ou mau, nada haver ou nada a ver, onde ou aonde, ou a, agente ou a gente, com certeza ou concerteza?


MAL OU MAU

 

As duas formas existem, mesmo sendo foneticamente iguais, ainda têm diferenças.

Mal é advérbio e antônimo de bem.

Ex: Falaram mal do Joaquim. / Eu falei bem do Joaquim.
Mau é um adjetivo e antônimo de bom.

Ex: O vilão do filme era mau. / O herói do filme era bom.

NADA HAVER ou NADA A VER

 

Apesar das duas expressões serem parecidas, a forma correta é nada a ver.

Nada a ver é usado para dizer que uma coisa não tem relação com a outra.


Ex: Esta atitude não tem nada a ver com ela.

!! Nada haver não existe, portanto, é melhor não ser utilizado no texto.


ONDE ou AONDE

 

As duas formas existem, no entanto, o uso de cada um desses termos são diferentes.


A palavra onde é usada para se referir a um lugar, o equivalente a “em que”.


Ex: Onde há fumaça, há fogo.

aonde é a combinação da preposição “a” com o advérbio ou pronome relativo “onde”, indicando um movimento com destino.

Ex: Aonde quer que eu vá, levo meu celular junto.

Aonde pode ser substituído por para onde, facilitando a compreensão.


HÁ ou A

 

As duas maneiras são pronunciadas da mesma forma, mas tem a grafia e significado diferente.


é uma conjunção do verbo “haver” quando este é impessoal. por isso seus significados mais comuns são no sentido de “existir” (nesse sentido, “ter”).


Ex: vários nomes nessa lista que eu não conheço.

O a é um artigo definido que aparece antes do substantivo, e indica um fato que irá ocorrer, ou seja, uma ação futura. O a também é usado quando nos deseja dar a indicação de distância.


Ex: Daqui a três anos irei morar nos Estados Unidos.

AGENTE ou A GENTE

 

As duas formas existem, no entanto, o uso de cada um desses termos é bem diferente.


A gente escrita separadamente expressa a ideia de plural e o verbo deve ser escrito no singular.


Ex: Será que a gente vai conseguir chegar a tempo?

Agente escrito junto, indica um profissional.


Ex: Todos que estacionam em local proibido estão sendo multados pelo agente de trânsito.

COM CERTEZA ou CONCERTEZA

 

A grafia do concerteza está errada e não existe na língua portuguesa. O correto é com certeza.


Ex: Com certeza, a palavra concerteza não existe.
60 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comentários


bottom of page