top of page
  • Foto do escritorRenCmps

Por que existe ponto e vírgula!?

Atualizado: 11 de jul. de 2023

Quantas vezes você já se deparou com um ponto e vírgula no meio do texto? Pra que serve? Onde vivem? O que fazem? Veremos hoje, no Globo Repórter Grimório do Escritor.


Qual o motivo de saber usar ponto e vírgula?

 

Para sua vida? Nenhum. Para sua escrita? Variações de pontuação deixam seu texto narrativo menos monótono, além de dar ao autor ferramentas narrativas.

Antes de tudo, é importante que aprenda a usar vírgula antes de aprender a usar ponto e vírgula. Temos um artigo que fala sobre o uso de vírgulas. Basta clicar aqui.

Como usar ponto e vírgula? (;)

 

Enumeração

 

O uso mais comum e que talvez todos conheçam. Não tem uma função narrativa e recomendamos não utilizar em textos narrativos.


Por que é usada nesse caso? Lembra das orações coordenadas? Exato, aquela aula do fundamental que você não prestou atenção. Bem, eu também não prestei, então estamos juntos nessa.


Enumeração dessa forma, de listagem, é classificada como uma oração coordenada assindética, um dos casos em que pode trocar as simples vírgulas, por uma famigerada ponto e vírgula.


  • Oração coordenada: oração sintaticamente independente.

  • Oração coordenada sindéticas: oração que apresenta conjunção.

  • Oração coordenada assindética: oração que não apresenta conjunção.


Aqui iremos falar apenas das coordenadas assindéticas, que é o que nos interessa.

Exemplo: Precisava de ingredientes para a salada, então fui no mercado e comprei:

  • 2 maçãs;

  • 2 tomates;

  • Alface;

  • 2 mangas;

  • 1 cebola.

Mas você poderia simplesmente ser feito dessa forma:

“Precisava de ingredientes para a salada, fui ao mercado e comprei duas maçãs, dois tomates, um alface, duas mangas e uma cebola.”

Narrativamente, o segundo exemplo é mais aceito entre escritores e considerado mais bonito, enquanto o primeiro chega a ser considerado um crime! Claro que é uma brincadeira, afinal existem diversos casos onde uma forma será considerada melhor que a outra. O escritor precisa decidir qual é a melhor para o seu texto e, nessa equação, o bom senso ajuda bastante. Caso queira usar a primeira forma, não abuse da ferramenta.


Omissão de verbo

 

Veja o seguinte e trecho:

“Narutin gostava de Sakura; Sasuke, não.”

Notou algo estranho? Talvez seja incomum ver um trecho assim, mas não está errado. Uma opção para não usar ponto e vírgula é uso do próprio ponto, ficando assim:

“Narutin gostava de Sakura. Sasuke, não.”

Ambos estão corretos. Porém não poderia ser usado vírgula no lugar? Bem, vamos ao terceiro caso:

Narutin gostava de Sakura, Sasuke, não.”

Percebeu? O sujeito da segunda frase, nosso querido Sasuke, ficou isolado entre duas vírgulas, o que prejudica na leitura e pode acabar confundindo o leitor. O ponto e vírgula, nesse caso, é usado como uma forma de substituição da vírgula e indica o começo da segunda oração.


Excesso de vírgulas

 

Sabe aquele momento em que está escrevendo um texto, mas quando você vai ler percebe que colocou 50 vírgulas em um espaço minúsculo? 50 pode ser um exagero, mas tenho certeza que conseguiu entender.

Exemplo: “Luffy, o pirata, sabia quem era o vilão, mas, como era de se esperar, esqueceu sua aparência.”

A vírgula não está errada nesse caso, mas deixar uma palavra entre vírgulas pode incomodar alguns escritores. Sinceramente, sou um desses, então nesses casos podemos colocar um ponto e vírgula no lugar da vírgula que separa as orações:

Exemplo 1: “Luffy, o pirata, sabia quem era o vilão; mas, como era de se esperar, esqueceu sua aparência.”
Exemplo 2: “Sanji é um grande lutador; não consegue, porém, lutar contra uma mulher.”

Também podemos encontrar no exemplo outra forma de utilização.


Orações adversativas e sinal usado de forma elucidante

 

Em uma oração adversativa, pode-se colocar o ponto e vírgula para separá-la da primeira oração, dando ênfase a esse caráter adversativo.

Exemplo: “Goku gosta de lutar pelos seus amigos, entretanto, de alguma forma, consegue esquecer que precisa protegê-los.”

Sim, o exemplo é uma grande verdade, mas vamos focar na pontuação. Nesse caso, apesar de estar correto colocar o "entretanto" entre vírgulas, você pode colocar um ponto e vírgula para dar ênfase na segunda frase, mostrando como as duas são contrárias.

Exemplo: “Goku gosta de lutar pelos seus amigos; entretanto, de alguma forma, consegue esquecer que precisa protegê-los.”

A forma elucidante pode ser usada não apenas em orações adversativas, mas também em apostos ou orações em que o autor deseja dar ênfase na segunda oração.

Exemplo: “Ichigo consegue apanhar para todos os personagens; Zoro sola qualquer um.”

Simultaniedade

 

Quando duas coisas acontecem ao mesmo tempo. Olhe esse exemplo, a oração composta, apesar de fazerem parte de um todo, está com duas coisas acontecendo ao mesmo tempo.

Exemplo 1: “O espadachim fica diante do ninja. Ele desliza sua katana para fora da bainha; o ninja retira as lâminas dos bolsos. Próximos do fim.”
Exemplo 2: “O homem e a mulher se encaravam. Nos olhos dele podia se notar desejo; a expressão dela era de nojo. A confissão mais desastrosa da história estava prestes a acontecer.”

Repentino

 

É uma utilização de técnicas que já mostramos no artigo, ou seja, você usará o ponto e vírgula de uma forma especial. Pense assim, algo está acontecendo e, repentinamente, algo que ninguém esperava acontece! Essa é a forma de usar. Veja um exemplo:

O espadachim avança contra o ninja. Começa com um corte lateral que é evitado, depois um corte para cima, visando o pescoço; o ninja o derruba com uma investida de ombro, assustando-o. O samurai, no chão, fica pasmo.

A utilização do ponto e vírgula aqui é para demonstrar uma mudança repentina, aproximando da forma de utilização de elucidar algo, assim como usamos antes. Dar destaque a essa mudança que aconteceu de forma abrupta.


Sinceramente, não conhecia essa forma e ela nos foi apresentada por um dos nossos autores: K. Luz (você acha obra dele clicando aqui).


167 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

コメント


bottom of page