top of page
  • Foto do escritorJooJ

Terminei o livro! O que diabos eu faço agora?

Você se esforçou. Passou dias a fio escrevendo de manhã e de madrugada, superou seus bloqueios e inseguranças e, finalmente, terminou de escrever o tão sonhado primeiro (ou único) volume da sua novel. Parabéns!


Se este é o seu primeiro livro, então é provável que esteja pensando algo como “ótimo, eu terminei de escrever! E agora?”


Talvez devesse procurar uma editora? Esperar e terminar o meu segundo livro postando na internet? Talvez autopublicação? Talvez tudo isso? Ou nada disso?


Tenha calma, jovem escritor. Sei que ideias e mais ideias passam pelas nossas mentes em momentos como esse, mas é necessário que analisemos friamente como proceder a partir daqui, afinal:


O que você faz depois de escrever um livro?


Quando o livro está finalmente escrito, ele não está realmente acabado. Na verdade, escrevê-lo é apenas o começo do que precisa ser feito e, se esta é a sua primeira obra, é natural que esteja confuso.


Tudo que citei até o momento são partes importantes do processo de escrita e publicação, mas você não precisa (e nem deve) fazer tudo de uma vez. De agora em diante, vamos dar uma espiadinha em quais processos devemos seguir após a escrita e o que devemos deixar para depois (ou para lá).


Então relaxe e vamos, pouco a pouco, encaixar esse quebra-cabeça todo embaralhado na sua mente!


O Que Não Fazer Depois de Escrever um Livro


A sua tão sonhada obra está finalmente fechada. Isso mesmo! escritinha, da primeira à última palavra. É tão gratificante que você quer enviá-la a uma editora agora mesmo, e então publicá-la para ficar famoso e ganhar rios de dinheiro!


Na realidade, pouquíssimos livros estão realmente bons após a finalização do primeiro rascunho. Correr para o kindle, amazon ou alguma editora para publicar o primeiro volume imediatamente pode ser um tremendo tiro no pé.


Ainda temos trabalho pela frente, afinal, você revisou a sua obra?


Escrever bem é reescrever quantas vezes forem necessárias. Não se dê por satisfeito com a primeira versão do seu livro. Mesmo que seja um bom rascunho, torne-o um ótimo livro.


Enviar seu trabalho de forma prematura pode queimar pontes importantes para o seu desenvolvimento e crescimento como escritor. Alguns entes literários têm políticas duras de rejeição, por isso planeje bem a forma e o momento de enviá-los qualquer projeto.


Revise primeiro, edite depois


Grande parte das pessoas, após escrever o seu livro, imediatamente voltam direto para a primeira página. É uma verdadeira missão impossível: corrigir errinhos ortográficos, vírgulas e orações, uma por uma, até que o dicionário aurélio chore de emoção.


Isso é um problema terrível, veja:


Após terminar o manuscrito, a primeira coisa a ser feita deve ser procurar por erros estruturais, furos de roteiro, capítulos problemáticos e incoerências. Essas falhas precisam ser as primeiras a serem deletadas ou corrigidas.


Agora imagine passar horas corrigindo a ortografia de um capítulo que será apagado depois?


No melhor dos casos, você perdeu algumas horas em absolutamente nada. No pior dos casos, você será tentado a não apagar a parte problemática, pois se apegou à ela.


5 Próximos Passos Depois de Escrever um Livro


Agora que já montamos a borda do quebra cabeça e aprendemos a evitar algumas breves armadilhas, vamos finalmente falar sobre o tópico que dá nome ao artigo: Terminei o livro! O que diabos eu faço agora?


Deixe O Livro Dormir


Não só o escritor precisa de algum descanso, mas a escrita também.


Isso ocorre pois, depois de terminar de escrever, você não tem ampla noção daquilo que é bom, ruim ou questionável. Daquilo que precisa de trabalho ou que já está bom


Deixar a obra distante por algumas semanas, até mesmo um mês, dá a você tempo para recuperar a perspectiva e conseguir enxergar o livro como ele de fato é.


Ah, mas não se esqueça: deixar o atual volume de lado não significa parar de escrever e evoluir como escritor. Saia, caminhe, reflita sobre novas obras ou contos curtos. Utilize este tempo para se aprimorar e continue escrevendo.


Mantenha hábitos relacionados à escrita e, quando finalmente voltar aos trabalhos, observe seu livro por inteiro com a mente clara e os olhos atentos.


Não escreva, leia!


Antes de começar a editar partes soltas, leia o livro de ponta a ponta. Mesmo que pareça trabalhoso e demorado, acredite, não é! Ajustar lacunas criadas por uma correção imprecisa ou embaralhar os neurônios por ter bagunçado uma sequência importante de eventos te sugaria dezenas de horas.


Por isso, leia e se atente à sua própria escrita, para que veja exatamente o que precisará ajeitar no próximo rascunho. É interessantes que se faça algumas perguntas enquanto lê, tais como:


O que está faltando?

O que é excessivo?

O que precisa ser reescrito?


É sempre interessante o quão empolgados ficamos, esperando o que vamos encontrar.


Sonhe


Quando acabar a segunda tarefa, ficará impressionado com o quão boas são algumas seções. E com o quão ruins as outras são. Mas principalmente, com o quão diferentes todas elas são daquilo que você tinha em mente no inicio.


Mas não se decepcione, sonhe. O que livro pode se tornar? Como você pode transformá-lo em algo novo?


É mágico sonhar enquanto escreve e ver como as projeções se modificam com o passar das palavras. Não tenha medo de imaginar e sonhar, mas não se assuste com as diferenças para a escrita real.


Hora de polir a estrutura


Imagine que seu texto é uma pequena estátua artesanal. É claro que, em algumas seções, haverá barro a ser retirado e, em outras, barro a ser remodelado.


Você já tem uma visão boa o suficiente de como realmente a sua história é e qual o caminho para o qual deseja encaminhá-la, então está preparado para partir para o segundo rascunho.


É hora de deletar aquelas linhas, páginas ou capítulos desnecessários e de preencher as lacunas da sua história. Reescreva com atenção as partes que continuam necessárias para o andamento da trama, mas continham problemas.


Antes do polimento e da edição, é importante que as bases estruturais do manuscrito estejam firmes e sólidas.


Dependendo do quão confortável estiver, é possível partir para uma autoedição (isso é: editar o próprio escrito). Mas caso não tenha certeza (e é raro que tenhamos, principalmente na primeira publicação) não tenha medo de procurar um bom editor para te auxiliar, a Novel Brasil pode te ajudar com isso!


Peça Ajuda


Agora sim! Depois de rascunhar duas ou três vezes, é o momento de começarmos a chamar outras pessoas para ajudar na produção, sejam elas editores, revisores ou leitores beta.


Para passarmos com maestria dessa fase, precisaremos entender que o seu livro não é você. Utilize as críticas daqueles que se propuserem a auxiliar como combustíveis para melhorar ainda mais a sua escrita.


Então, depois de passar por todos os passos acima (e encontrar aqueles malditos errinhos de digitação que a gente sempre perde), seu livro finalmente está pronto para a publicação!


Quando Seu Livro Estiver Realmente Pronto


Boom! O quebra cabeça está finalmente montado. Sente sua cabeça menos embaralhada, jovem escritor? Pois eu sinto!


De qualquer modo, não é uma tarefa fácil identificar em qual momento o volume estará totalmente finalizado, e é por isso que é tão importante encontrar comunidades de escritores que possam te auxiliar e revisar não um, não dois, mas pelo menos três rascunhos produzidos, como a Novel Brasil!


Somente então, ao término de toda a trilha apresentada, é que você deve finalmente fixar seus olhos em um meio de publicação, que contém alguns desafios a mais.


Passamos, assim, pela parte mais difícil de escrever um livro. Por mais que a primeira versão seja realizadora e bastante complexa, a edição é bem mais difícil. E tenha calma, não estou tentando te desanimar! É neste processo que você acompanhará aquilo que criou finalmente se tornando um livro de verdade.


Por isso, se mantenha focado. E se (ou melhor, quando) postar o seu livro, não deixe de avisar nos comentários.


Boa sorte, escritor!


151 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page